Visitantes Negócios Associações e Imprensa
Blog Facebook Twitter

Notícias


De Raimundos à Cynthia Luz: Democrático Festival promete experiência única

De Raimundos à Cynthia Luz: Democrático Festival promete experiência única

Publicado em: 10/10/2018

Banda de rock com mais de 30 anos de história vai dividir palco com rapper revelação

 

Uma megaestrutura está sendo preparada para o penúltimo sábado de outubro. A segunda edição do Democrático Music Festival será no dia 20 de outubro, na área externa do Vivaro Eventos, empresa filiada ao Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, e terá três palcos para abrigar as atrações de 12 horas de festa. Os palcos Terra, Vênus e Netuno vão receber 17 atrações musicais de peso, nos mais diversos ritmos e estilos:

 

 

Raimundos

 

 

Com mais de 30 anos de história no rock nacional, Raimundos coleciona sucessos e figura entre as principais bandas do País. O que nasceu como um cover de Ramones, logo ganhou um estilo próprio ao misturar o rock com um som nordestino que os integrantes trouxeram de família e letras carregadas de sacanagem. Assim vieram sucessos como Nega Jurema, Selim e Esporrei na Manivela, que tornaram a banda conhecida em todo o Brasil e abriram portas para o estilo musical nos anos 90, influenciando centenas de bandas que vieram depois. Entre hardcores e baladas, os Raimundos se consolidaram e sobreviveram a crises como álbuns que não vingaram e saídas de integrantes. A música Mulher de Fases tornou a banda conhecida até por quem não gosta de rock e os novos álbuns conquistaram um novo público. O último álbum lançado, acústico, gravado em Curitiba, relembrou os hits de toda a carreira – e é por um mergulho na história da banda que os fãs podem esperar para a apresentação em Maringá no dia 20 de outubro.

 

 

Cynthia Luz

 

Trabalhando em um álbum novo, Cynthia Luz ganhou espaço misturando rap com reggae e pop. A cantora é considerada um verdadeiro fenômeno da música. Já foi capa da revista Rolling Stones e rodou o Brasil com a tour Deixa Ela. Foi depois de começar a trabalhar com o rapper Froid que a cantora chamou atenção e o reconhecimento veio com o lançamento do álbum Do Caos ao Nirvana, no final do ano passado. Aposta da plataforma de streaming Deezer pelo programa Deezer Next, que identifica e dá suporte a novos cantores do mundo inteiro, a rapper está ocupando um território majoritariamente masculino e mostrando a que veio. Cynthia começou a carreira fazendo vídeos caseiros, correu atrás de produtores por conta própria e hoje é referência de jovem talento no hip hop, lançando um single atrás do outro. Em parcerias com outros artistas, já se aventurou até no funk com MC Davi e Felipe Flip com o hit Ela Tá Que Tá.

 

 

Baiana System

 

A melhor definição de “quem se descreve se limita”. Com formatação em constante mudança o BaianaSystem nunca sentiu necessidade de se definir. O show muda de acordo com o público e não tem roteiro fechado – é algo vivo e experimental, feito para dançar, mesmo carregando um forte discurso social. As letras são crônicas do cotidiano, que fazem pensar. O grupo de Salvador (BA) fundado em 2009 por Russo Passapusso, Roberto Barreto e SekoBass ganhou visibilidade internacional dois anos atrás emplacando a faixa “Playsom” na trilha sonora do jogo Fifa2016, mas já tinha trilhado uma longa jornada com shows por todo o Brasil e em grandes festivais da Europa e Ásia. 

 

 

Com três álbuns de estúdio e dois EPs, essa é uma das bandas mais celebradas do Brasil por ser um trabalho coletivo difícil de definir. O BaianaSystem não se prende a um estilo: é uma combinação interessante dos sistemas de som da jamaica, percussão africana e a pegada da guitarra baiana, tudo misturado a um discurso fortemente politizado, e que no palco e fora dele se integra às artes visuais presentes em fotos, vídeos e elementos gráficos que formam uma linguagem diferenciada. No tempero desse som, entram ritmos como rock, frevo, reggae, pagode baiano, afrobeat e até cumbia. O sistema não tem componentes fixos e já contou com a colaboração de muitos músicos e produtores. Com passagens pelo Rock in Rio e Lollapalooza, o grupo está presente nos melhores festivais do País e agora se prepara para colocar todo mundo para dançar em Maringá no Democrático Music Festival.

 

 

Sharam Jey 

 

 

Ele foi um dos grandes responsáveis pela entrada do nu disco e do deep house no Brasil. O alemão Sharam Jey é apaixonado pelo Brasil. Produtor renomado, ajuda a galera da música eletrônica daqui a crescer na música mundialmente – os irmãos maringaenses Chemical Surf, o goiano Illusionize e o gaúcho Bruno Be são prova disso. A gravadora de Jey, Bunny Tiger, acumula milhões de visualizações no YouTube, Soundcloud e Spotify. O DJ europeu já deixou claro que gosta da vibe do público e da energia das pistas daqui e já lançou coletâneas com dezenas de faixas de DJs brasileiros. Indo do deep ao tech house, ele tem tours frequentes pelo País e vai marcar presença no Democrático Music Festival desse ano. 

 

 

Também se apresentam no festival Flow e Zeo, Cone Crew Diretoria, Stolen Byrds, TouchTalk, Black Power Soul, Planta e Raiz, Rolldabeetz, Inputma, Erika Casarin, Banzzai, Inc. e Patrícia Borges Band. O evento vai contar ainda com a Arena da Diversidade: um espaço para mostrar e valorizar outras formas de arte com a presença de grafiteiros, tatuadores e uma feirinha cultural. Para curtir a festa, o público pode escolher entre três setores: Democrático (pista), Camarote e Backstage (open bar). Para comprar o ingresso das áreas com bebida liberada, a censura é 18 anos. Para a pista, 16 anos. Nas redes sociais é possível ter uma prévia da estrutura que está sendo preparada para o evento que vai contar ainda com espaço relax, praça de alimentação, mesas de pebolim e sinuca, pista de skate e espaço narguille. 

 

 

Serviço

 

Democrático Music Festival

Data: 20 de outubro de 2018.

Local: Área externa do Vivaro Eventos  (Avenida Virgílio Manilia, 21784 - Jardim Ouro Cola)

Horário: Das 15 horas às 3 horas

Censura: 16 anos. Exceto setor Open Bar: 18 anos

 

Ingressos:

Setor Democrático

Setor Democrático Solidária Meia

R$ 60,00 

Lote 2

 

Setor Democrático Inteira

R$ 120,00 

Lote 2

 

Backstage Eletrônico

Backstage Eletrônico Open Bar 18+

R$ 180,00 

Lote 2

 

Camarote

Camarote Open Bar 18+

R$ 180,00 

Lote 2

 

OBS* Ingresso Meia entrada SOLIDÁRIA (entra com carteirinha ou 1kg de alimento).

 

Ingressos à venda no site 

https://www.ingressonacional.com.br/evento/11573/democratico-music-festival-2018 

 

E nos pontos de venda: 

Apucarana - Edu Calçados;

Arapongas - Hard Sport Wear 

Cambé - Sun7 Surf Shop

Campo Mourão - Iden Skate Shop 

Cianorte - Auto Posto Colina

Goioere - Adamanto Store

Itambe - Bazart Primavera 

Jandaia do Sul - Cowvest

Loanda - Loja Casanelo

Londrina - Jonny Size Shop. Boulevard, Natural One Shop. Catuai, Pipe Store Shop. Aurora e Star Point Shop. Boulevard

Mandaguaçu - Gela Boca

Mandaguari - Anastasia e Posto Zapa

Maringá - Bobs Shop. Av. Center, Couture, Holy Hops, Hurricane Skates, Master Cópias, Natural One Shop. Av. Center, Natural One Shop. Catuai, Natural One Shop. Maringá Park, Pachamama, Posto Canada, Posto Dubai Maringá, Smoke BR e Star Point Shop. Maringá Park

Nova Esperança - Posto São José

Nova Londrina - Academia Bodyx e Academia Pro Forma

Paranavaí - Jorrovi Calçados 

Peabiru - Papelaria Monalisa

Terra Boa - Loja do Gordão

Umuarama - Drive Conveniência